FANDOM


30px-GoodIcon



Balary

Images

Astrologia
Região

Orla Média

Setor

Setor Balmar

Sistema

Sistema Balmar

Sóis

1: Baarun

Luas

1: Sule

Grade de coordenadas

Q-7

Sociedade
Espécies imigradas

Humanos

Idioma oficial

Básico Padrão Galáctico

Governo
População

11 bilhões de habitantes

Maiores cidades

Shuë

Afiliação
"Balary é um planeta onde somente o governo é, em sua maioria, para os Neimoidianos."
Senador Kaalin, durante um discurso no Senado Galáctico.[fonte]

Balary era um planeta localizado nos territórios da Orla Média na Galáxia, juntamente no setor Balmar, onde suportava, em sua maioria, a espécie Neimoidiana. O governo no planeta só funcionava para essa classe de espécie e, querendo reverter essa situação, os Humanos começaram uma guerra civil que visava a troca do governo local. O planeta orbitava o sol Baarun e era orbitada pela lua Sule.

HistóriaEditar

Guerra Civil de BalaryEditar

Catastrofe-wallpaper

Shuë, capital de Balary, duarante a Guerra Civil de Balary.

Por muito tempo, Balary foi um planeta pacífico. Porém, o seu tipo de governo somente atendia a uma classe de pessoas, os Neimodidianos, que eram presentes em sua maioria, sendo os primeiro habitantes do planeta. Insatisfeitos com o que acontecia no lugar, um grupo de Humanos rebeldes ganhou força, alastrando-se para quase todas as partes do planeta. Foi assim que, no ano de 502 ABY, que guerra civil deu-se por todo o planeta, com as Águias do Medo combatendo a elite Neimoidiana. No final, Shuë, a capital planetária de Balary, foi totalmente destruída, e muitos refugiados emigraram para outros planetas. No final, as Águias do Medo ganharam a guerra, promovendo várias reformas para as espécies oprimidas. Assim, quatro anos depois de seu início, o conflito teve um fim e, finalmente Balary ganhou um representante no Senado Galáctico da espécie Humana.

Guerras ClônicasEditar

Batalha de BalaryEditar

180px-Harnaidan

Shuë, mais uma vez destruída, numa batalha entre a República e os Separatistas.

Durante o tempo que se seguia nas Guerras Clônicas, um conflito intergaláctico entre a República Galáctica e a Confederação dos Sistemas Independentes, Balary ficou do lado da República, o que gerou uma grande indignação por parte dos Separatistas. Contudo, o Conde Dookan planejou junto à Darth Sidious um plano para tomar o poder de Balary e depor o seu atual governante, Amarin Kasua. Quando o plano foi executado e dróides de batalha invadiram o planeta, Kasua pediu ajuda às forças da República antes das comunicações serem cortadas. No centro de comunicação do Templo Jedi, Anakin Skywalker e Ahsoka Tano foram convocados para liderar uma equipe de assalto clone para retomar o planeta. Os esforços, porém, foram barrados por Dookan num conflito gerado sobre a superfície do planeta, forçando-os em retirada. Isso não abalou os dois Jedi, que seguiram até as catacumbas de Dasher, onde havia uma passagem secreta para a capital, Shuë. Dessa forma, atacados de dentro para fora, as forças dróide foram totalmente dizimadas, fazendo com que Dookan fugisse. Dessa forma, o planeta foi retomado e cuidado pela República.

ApariçõesEditar

FontesEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.